exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

FBI investiga ataque de hackers ligados ao governo da China

As autoridades estão a investigar uma vaga de ataques que começou em 2010 e teve como alvo a FDIC, uma agência governamental dos EUA. O FBI desconfia que o governo chinês esteja por trás desta ameaça.

  • 333

Exame Informática

Ainda não se conhecem muitos detalhes sobre os ataques, mas o FBI desconfia de uma ligação ao governo chinês e pretende agora saber como é que os hackers conseguiram infetar dezenas de computadores da FDIC, incluido o da presidente daquela agência, Sheila Blair. A FDIC é uma das agências que regula a atividade bancária dos EUA e tem acesso a informações sobre quais os planos dos bancos para lidar com a falência e a milhões de movimentos bancários dos EUA.

De acordo com a Reuters, nem o FBI, nem a FDIC comentam a investigação e o governo chinês diz que é difícil aferir a origem deste tipo de ataques. Sabe-se que só em 2015, a FDIC registou 159 acessos não autorizados aos seus dados. Este número inclui situações em que os funcionários são “apanhados” a levar dados indevidamente em pens USB, mas também alguns ataques maliciosos.

As organizações governamentais dos EUA estão já a tomar medidas preventivas e reativas a estas ameaças. A FDIC, por exemplo, está a analisar partes mais vulneráveis da sua rede. Os primeiros ataques foram detetados em 2010 e terão durado até 2012. No entanto, só este ano, a agência reportou mais sete incidentes relacionados com a cibersegurança ao Congresso dos EUA.

  • 333