exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Hackers chineses acusados de roubar dados a advogados dos EUA

Três chineses foram acusados usar informação roubada a empresas de advogados dos EUA para investir na bolsa e ganhar até quatro milhões de dólares.

  • 333

Exame Informática

Os três hackers terão conseguido instalar malware nos servidores de pelo menos duas grandes firmas de advogados dos EUA. O objetivo destes piratas passava por conseguir informação confidencial sobre fusões e aquisições e movimentar-se no mercado de acordo com esses dados. A compra e venda de ações com base nesta informação terá rendido mais de quatro milhões de dólares.

Alguns negócios de aquisições e fusões da farmacêutica Roche AG, da Intel e da Pitney Bowes terão sido alguns dos mais lucrativos para estes hackers. A justiça americana revela ainda que há indícios de que os piratas tenham beneficiado de inside information em vários outros pequenos negócios.

O caso vai agora ser julgado pelos tribunais, mas não deixa de ser preocupante a aparente facilidade com que estes piratas conseguiram obter mais de 45 GB de informação privilegiada.

  • 333