exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Renault também está no escândalo das emissões

Os fabricantes automóveis estão em maus lençóis, parecendo agora que o Dieselgate chegou à Renault em França. Uma investigação preliminar concluiu que alguns modelos emitem dez vezes mais poluentes do que o permitido.

  • 333

Exame Informática

Ontem foi a vez da Fiat Chrysler nos EUA ser acusada de ter software que falseava os níveis das emissões. Hoje é a vez da Renault ser apanhada nesta malha, vindo a público notícias de que a marca europeia tem alguns modelos que emitem dez vezes mais gases poluentes do que o permitido. A Renault admitiu em agosto de 2016 que o problema poderia ter sido causado por um erro de calibração num componente, mas rejeitou agora a acusação de ter algum dispositivo ou software para falsear as emissões, noticia o Engadget.

Sabe-se que Ségolène Royal, ministra do Ambiente de França, preparou uma comissão que investigou 52 modelos e que concluiu que a maioria dos veículos excedia até cinco vezes o limite para as emissões de gases poluentes.

Ainda não se conhecem os motivos que levaram a uma investigação mais aprofundada à Renault.

  • 333