exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Project Loon: menos balões, maior cobertura

Exame Informática

  • 333

A Alphabet alterou a estratégia para o Project Loon: agora consegue controlar melhor os balões e o objetivo é fazer uma cobertura bastante dirigida e focada num determinado local.

Exame Informática

Com a aprendizagem das máquinas e a criação de um algoritmo eficaz, a equipa do Project Loon consegue agora colocar os balões que fornecem acesso à Net estabilizados num local crítico e mantê-los a pairar durante bastante tempo. Assim, a equipa pretende alterar a estratégia e, em vez de colocar centenas de balões no ar, agora quer apenas colocar algumas dezenas e ter uma ação focada em certas áreas. Recorde-se que estes balões destinam-se a garantir que, no solo, se consegue aceder à Internet e podem ser uma boa solução, particularmente em zonas montanhosas ou locais muito remotos.

Astro Teller, que chefia o projeto, diz que se excederam as expectativas sobre como os algoritmos conseguem ajudar os balões a navegar. Agora, é possível colocar grupos de balões a pairar sobre certas áreas durante meses, graças à aprendizagem das máquinas, noticia o The Verge.

A Alphabet parece estar a entrar numa política de controlo de custos e a reduzir o investimento em projetos experimentais, onde não se tenha a certeza de conseguir um retorno do investimento. Sob a gestão de Ruth Porat, a empresa já terminou o projeto de um telefone modular, de um drone alimentado a energia solar e criou a Waymo, para desenvolver carros autónomos de forma independente.

  • 333