exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Lisboa cria seis espaços de teste de robôs. E é apenas o início

Jardim do Cabeço das Rolas, Aterros de Carnide e Beirolas, Lispólis, Laboratório Nacional de Engenharia Civil e Quartel dos Sapadores Bombeiros de Chelas. O que têm em comum? Ficam todos em Lisboa – e todos vão passar a albergar os primeiros cinco espaços de experimentação do cluster Lisboa Robotics, que foi apresentado sexta-feira por responsáveis da Câmara Municipal de Lisboa.

  • 333

O Lisboa Robotics começou a ganhar forma depois de um primeiro contacto desencadeado por Pedro Lima, professor do Instituto Superior Técnico e investigador do Instituto de Sistemas e Robótica de Lisboa (ISR-L), junto da Câmara de Lisboa. Paulo Soeiro Carvalho, que dirige o departamento de inovação e é um dos pontas-de-lança do município na prolífera incubação dos novos projetos empresariais, não deixou esmorecer a ideia. E assim, de reunião em reunião, se foram juntando vários parceiros: os bombeiros sapadores, o Técnico, o ISCTE e o ISEL, a Lispólis, a Tekever, a Siemens e a Thales, a IDMind, a GMV, a Deimos e Introsys e a Uavision figuram entre os membros fundadores.

CLIQUE AQUI para continuar a ler este artigo, que faz parte da Exame Informática Semanal.
(acesso grátis para assinantes e para quem tem a edição mais recente da revista Exame Informática o código de acesso está impresso na página nº3)