exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Portugal Ventures investe em startup que transforma travagens em energia

A AddVolt é a mais recente startup escolhida para receber investimentos da Portugal Ventures. O investimento vai ser aplicado na internacionalização da startup portuense.

  • 333

Hoje, quase ninguém conhece a solução WeTruck – mas se depender da Portugal Ventures não deverá demorar muito mais para que a solução que recorre a painéis fotovoltaicos e converte travagens de camiões em energia e chegue ao mercado. A entidade de capital de risco acaba de anunciar o investimento na empresa incubada no parque tecnológico da Universidade do Porto (UPTEC). Além da Portugal Ventures, também a Abacus Alpha, a Momentum Holding entraram na capital da AddVolt. Os investimentos deverão ser usados para expandir o negócio da startup para o mercado estrangeiro. Nenhum dos envolvidos refere os montantes investidos.

Em breve, a InnoEnergy também deverá investir na startup, refere um comunicado da Portugal Ventures. A solução WeTruck tem vindo a ser testada nos camiões da empresa Luís Simões, como forma de produzir (ou aproveitar…) energia para a consumo das respetivas câmaras frigoríficas. No que toca à internacionalização, os mentores da AddVolt já elegeram dois destinos prioritários: Espanha, possivelmente pela proximidade; e a Alemanha, que conta com vários fabricantes de automóveis.

«Há 4,8 milhões de camiões refrigerados a circular em todo o mundo, um número que deverá duplicar até 2025. Na Europa há cerca de 1,1 milhão de veículos deste género, onde o WeTruck pode fazer a diferença. O objetivo da AddVolt passa por melhorar a integração das frotas com a rede elétrica e com as cidades, contribuindo para um transporte mais sustentável e eficiente, caminhando para os 0% de consumo de combustível na refrigeração de mercadorias», diz Bruno Azevedo, presidente executivo da AddVolt, no comunicado da Portugal Ventures.

A solução desenvolvida pela empresa portuguesa pode ser adaptada a veículos que já se encontram em rodagem – e esse é um fator que poderá ser determinante para a conquista do mercado. Celso Guedes de Carvalho, Presidente Executivo da Portugal Ventures, enaltece o «elevado potencial de aplicação internacional» da WeTruck, «numa altura em que a redução do uso de combustíveis fósseis e a aposta numa utilização eficiente dos recursos energéticos são determinantes».