exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Polícia detém suspeito de ter enviado um tuíte que desencadeou ataque epiléptico

A Polícia de Dallas deteve e acusou John Rivello de ter enviado um tuíte para um jornalista da Newsweek e desencadeado propositadamente um ataque epiléptico na vítima.

  • 333

Exame Informática

As autoridades começaram a investigação pelo nome de utilizador no Twitter de John Rivello, chegaram a um telefone e ao seu SIM e depois a uma conta na iCloud. Segundo a Polícia, nessa conta encontraram um GIF exatamente igual ao que foi enviado ao jornalística. A imagem foi preparada especificamente para ter efeitos de luzes e continha a mensagem «mereces ter um ataque por causa dos teus posts», explica o ArsTechnica.

A vítima, Kurt Eichenwald, recebeu a mensagem a 15 de dezembro e sofreu um ataque epiléptico que durou oito minutos, durante os quais perdeu o controlo do corpo e da mente.

A conta de onde veio a imagem foi criada quatro dias antes e o Twitter revelou o número do telefone usado na criação. A operadora AT&T forneceu depois a informação sobre o modelo associado, um iPhone 6, e o FBI pediu um mandato para inspecionar a iCloud ligada ao dispositivo.

As autoridades detiveram então John Rivello, quando encontraram, entre outras imagens, o GIF que induziu o ataque no jornalista.

  • 333