exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Criador da Web critica planos dos EUA e do Reino Unido para a Internet

Sir Tim Berners-Lee não concorda com os planos do Reino Unido para enfraquecer a encriptação na Internet, nem com a intenção de Trump em diminuir a neutralidade da Net.

  • 333

Exame Informática

O Reino Unido pretende conseguir acesso às comunicações online, com vista a identificação e detenção de terroristas. No entanto, Berners-Lee diz que enfraquecer a encriptação usada atualmente é uma má ideia porque significa que não só o governo, mas também cibercriminosos vão conseguir espiar comunicações e acabamos por ter um problema maior.

Por outro lado, «a ideia de que os ISP sejam obrigados a espiar os cidadãos e manter os dados durante seis meses é assustadora», disse Berners-Lee, citado pela BBC.

Do outro lado do Atlântico, o especialista está preocupado que a Administração Trump adote iniciativas para enfraquecer e diminuir a neutralidade da Net. «Se a FCC se mover para reduzir a neutralidade da Net, vou combatê-la o mais que consiga». Outra medida criticada por Berners-Lee prende-se com a decisão do Congresso americano em abolir as medidas aprovadas por Obama sobre a privacidade online: «Estamos a falar sobre o meu direito humano de poder comunicar com outras pessoas pela Web e ir a websites sem estar a ser espiado».

As declarações de Berners-Lee foram recolhidas depois de se saber que ganhou o prémio Turing, o equivalente a um prémio Nobel para a computação.