exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

FBI pagou 900 mil dólares para desbloquear iPhone de terrorista

Durante uma audiência com o Senado dos EUA, o diretor do FBI foi confrontado com o valor pago pelas autoridades para desbloquear o telefone do atirador de San Bernardino.

  • 333

Exame Informática

A Senadora Dianne Feinstein confirmou que o FBI pagou 900 mil dólares para conseguir ter acesso aos conteúdos guardados no telefone iPhone 5C do atirador de San Bernardino, noticia o Engadget. Recorde-se que o caso opôs a Apple ao FBI e a tecnológica recusou fornecer o acesso e a mudar a forma como os telefones são criados, de forma a incluir uma backdoor que permitisse a quem tivesse a chave desbloquear o aparelho. A marca da “maçã” alegou estar a defender os interesses dos utilizadores e recusou sempre implementar uma vulnerabilidade no iOS.

Na altura, o FBI tentou forçar a Apple, sem sucesso. Entretanto, a agência teve mesmo de recorrer à compra de software para conseguir desbloquear o equipamento e ter acesso a informações importantes, como os registos de chamadas e mensagens, por exemplo.

Nunca se soube que empresa foi contratada, nem que software foi usado e o FBI sempre recusou a divulgação, alegando ser informação confidencial.

  • 333