exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Startup dedicada a Realidade Virtual avaliada em mais de mil milhões de dólares

Improbable

A Improbable começou quando dois licenciados em ciências de computação quiseram criar um MMO com dezenas de milhares de jogadores no mesmo ambiente.

  • 333

Ruben Nascimento Oliveira

Uma startup dedicada a Realidade Virtual sedeada no Reino Unido acabou de atingir o nível "Unicórnio", ou seja, uma avaliação superior a mil milhões de dólares. O valor foi atingido após a empresa ter angariado 502 milhões de dólares numa ronda de financiamento levada a cabo pelo banco japonês SoftBank, revela o TheVerge.

A Improbable, fundada em 2012 por Herman Narula e Rob Whitehead, foi criada com o propósito de oferecer um software capaz de simular mundos virtuais interativos altamente complexos. De acordo com a empresa, a sua infraestrutura virtual vai ser utilizada não só para a criação de videojogos, mas também na simulação de cenários complexos que possam ser úteis a indústrias e governos.

O elemento diferenciador desta tecnologia é a promessa de que o seu software pode fazer todo o trabalho pesado em temos de suporte a servidores e infraestrutura técnica. Fazer simulações a grande escala de algo (por exemplo: todos os sinais de trânsito numa cidade) requer tanto poder de computação que se torna quase impossível, mas é exatamente este tipo de situações que a Improbable espera vir a conseguir facilitar.

A primeira iteração do software da Improbable chama-se SpatiaOS e está já a ser utilizado para a criação de inúmeros títulos, entre os quais Worlds Adrift e MetaWorld, avança a Wired.