exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Hackers ameaçam vender código malicioso usado em ataques de ransomware

O grupo de hackers Shadow Brokers está disposto a vender o código malicioso usado no ataque de ransomware da semana passada e promete ainda desenvolver e disponibilizar ferramentas de pirataria mais avançadas.

  • 333

O ataque com o WannaCry afetou mais de 300 mil computadores em todo o mundo desde sexta-feira. Agora, à medida que governos e organizações tomam medidas corretivas, o grupo responsável, Shadow Brokers, ameaça vender esta e outras ferramentas a todos os que estejam dispostos a pagar. A ferramenta usada vazou no mês passado e terá sido desenvolvida pela NSA. A partir de junho, o grupo promete desenvolver outros códigos para afetar empresas e ameaçou divulgar dados usados na rede de transferências monetárias SWIFT, bem como dados sobre os programas nucleares da Coreia do Norte, Rússia, China e Irão, noticia a Reuters.

De acordo com a Avast, o ataque com o WannaCry afetou maioritariamente computadores na Rússia, Taiwan, Ucrânia e Índia, onde as versões mais antigas do Windows são mais usadas.

A Microsoft confirmou estar atenta à ameaça do grupo Shadow Brokers e promete ajudar a identificar e sanar vulnerabilidades no seu sistema.

Investigadores da Coreia do Sul, da Kaspersky e da Symantec encontram semelhanças no código usado no WannaCry com os métodos de atuação do Lazarus Group, conotado com a Coreia do Norte. Autoridades dos EUA e europeias mostram-se cautelosas e dizem ser cedo para estabelecer uma ligação entre este ataque e a Coreia do Norte.