exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

CTT testam drones para entregas 

Os decisores da empresa já estão a analisar o potencial e a viabilidade desta opção para a distribuição de correspondência.

  • 333

Ruben Nascimento Oliveira

Os Correios de Portugal andaram a testar entregas via drone para pequenas encomendas num ensaio organizado pela startup Connect Robotics, a mesma empresa responsável pela marmita voadora. A experiência estendeu-se durante três dias, ao longo dos quais o drone percorreu repetidamente um percurso de três quilómetros em sete minutos, com ponto de partida no centro de distribuição dos CTT e chegada na sede da empresa no Parque das Nações.


Os ensaios contaram com a autorização da autoridade nacional de aviação, mas, uma vez que se tratava de uma área controlada pelo Aeroporto Humberto Delgado, o voo ficou restringido a 30 metros de altura.


Eduardo Mendes, CEO da Connect Robotics diz, em comunicado de imprensa, que o seu serviço é uma mais-valia para os CTT, uma vez que «um drone é mais rápido, mais silencioso, menos dispendioso» e acredita que, no futuro, «este será o método mais utilizado para a distribuição de pequena mercadoria»


O potencial e a viabilidade do uso desta tecnologia no serviço de entregas dos CTT já esta a ser estudado pelos responsáveis da empresa, informa o comunicado da Connect Robotics.