exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Tesla lança programa de referências para oferecer supercargas

O acesso às estações Supercharger passou a ser cobrado para os clientes que compraram carros Tesla desde 1 de janeiro. Agora, a empresa anuncia um programa de referenciação que pode oferecer estes acessos a mais condutores.

  • 333

Exame Informática

Um condutor de um Tesla pode agora dar até cinco códigos de referência para novos condutores. Com esse código, os novos clientes passam a ter acesso ilimitado às estações Supercharger da marca. Os condutores atuais que decidam mudar de veículo Tesla vão continuar a ter estes acessos.

Recorde-se que o acesso ilimitado era a regra até 1 de janeiro, quando a Tesla decidiu limitar consideravelmente esta oferta para carros comprados a partir do primeiro dia de 2017. Estes veículos podem continuar a usar a rede da Tesla, mas os carregamentos grátis foram limitados a um total de 400 kWh por ano. Uma capacidade que, segundo a Tesla, dá para “cerca de 1600 km”. Depois de ultrapassado este máximo, a Tesla passa a cobrar «um valor simbólico».

A Tesla planeia ainda cobrar 40 cêntimos de dólar por cada minuto passado na estação de Supercharger depois de a carga estar completa, como forma de combater o congestionamento nestes locais.

A marca de Elon Musk anunciou recentemente a chegada da rede Supercharger a Portugal.

  • 333