exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Grupo da Google vende Boston Dynamics

TORU YAMANAKA

Além da Boston Dynamics, também a Schaft foi comprada. Após as aquisições, as ações da softbank atingiram o ponto mais alto das últimas duas décadas.

  • 333

Ruben Nascimento Oliveira

Na passada quinta-feira a SoftBank confirmou que ia adquirir a Boston Dynamics juntamente com a Schaft, duas produtoras de robôs que imitam o movimento animal e humano. Não foram revelados quaisquer termos sobre o acordo. Tanto a Schaft como a Boston são subsidiárias da sociedade que também controla a Google, a Alphabet.

Há cerca de um ano que a Boston Dynamics se encontrava à venda, apesar de a empresa ter impressionado inúmeras vezes com robôs capazes de levantar cargas, saltar mais alto que o ser humano e correr como animais, esta não teve muito sucesso no que toca à comercialização dos seus produtos.

Enquanto a Boston Dynamics tem estado muito disponível para divulgar em público sobre as suas invenções. Da Schatf pouco se sabe. A empresa já existe desde 2012, foi incubada nos Laboratórios de Robótica da Universidade de Tokyo, mas desde que foi adquirida pela Google em 2013, tem sido bastante sigilosa no que toca os seus afazeres, explica a TechCrunch.

Além destas duas, o fundador da Softbank Masayoshi Son, já investiu num grande leque de negócios que parecem estar a transformar a firma japonesa numa sociedade tecnológica massiva. Entre estes estão a compra da empresa de processadores do reino unido, ARM Holdings por mais de 28 mil milhões de euros e a startup de satélites OneWeb por quase 900 milhões de euros, informa a BBC.

Masayoshi é conhecido por ter um grande olho para o negócio e numa referência das suas aquisições, diz «a robótica vai ser o elemento chave do próximo estágio da revolução de informação» e avança ainda que «a sua equipa na Boston Dynamics é claramente a líder tecnológica nos robôs dinâmicos avançados».