exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Houve mesmo interferência de hackers russos em 39 estados nas eleições dos EUA

Piratas informáticos russos terão atacado as máquinas de voto de 39 estados nos EUA, acedido a dados financeiros das campanhas e tentaram apagar ou alterar votos no Illinois. As ações foram identificadas e Obama chegou a ligar para Moscovo.

  • 333

Exame Informática

Um novo relatório publicado agora pela Bloomberg detalha as ações dos piratas informáticos russos nas eleições presidenciais dos EUA. Sabe-se que o FBI está a conduzir três investigações em paralelo sobre estas ações. Para já, há indícios de que os hackers tenham acedido às máquinas de voto em 39 estados, às bases de dados financeiras das campanhas e tentado mesmo alterar ou apagar votos no estado do Illinois. Esta última medida está a ser vista como um teste feito pelos russos enquanto se preparavam para um ataque mais agressivo e não terá surtido efeito.

Oficialmente, as autoridades dos EUA não acreditam que esta interferência tenha mudado os resultados eleitorais, mas a verdade é que Barack Obama usou o “telefone vermelho” para se queixar ao Kremlin. Depois das eleições, os EUA impuseram algumas sanções à Rússia.

Vladimir Putin sempre negou qualquer interferência russa, mas admitiu recentemente que a ingerência de piratas informáticos russos até é «teoricamente possível».