exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

União Europeia quer regulamentação para drones clarificada até 2019

As autoridades políticas europeias querem definir e implementar regulamentação para o voo e manutenção de drones até 2019. O objetivo é gerir esta atividade como se faz com os sistemas de controlo de tráfego aéreo atuais.

  • 333

Exame Informática

À medida que os drones se tornam mais populares, cada país vai definindo as suas regras, com a China a obrigar o registo de drones com mais peso do que 300 gramas de peso e os EUA ainda a não ter esse registo clarificado. Do lado europeu, a União Europeia já arrancou com um esboço de regras, em novembro, e pretende agora que todo o conjunto legal esteja implementado em todos os estados-membro até 2019.

O objetivo destas regras é criar o U-space, o espaço aéreo europeu que cobre altitudes até 150 metros e que vai ser gerido como o espaço aéreo ocupado pelos aviões o é atualmente. As autoridades pretendem ter ferramentas automatizadas de reconhecimento e de limitação, para que a informação possa estar disponível, mesmo aos drones autónomos, explica o Engadget.

A Comissão Europeia vai financiar a integração dos drones nos sistemas de aviação atuais e será definido um grupo de especialistas para emitir pareceres para as recomendações políticas futuras.

«A União Europeia deve liderar o mundo no desenvolvimento do enquadramento legal para que este mercado floresça e liberte todos os benefícios para os setores económicos», explicou a comissária para os Transportes Violeta Bulc.