exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

NATO admite atuar contra o vírus NotPetya

Pool

A NATO está a monitorizar a atuação do NotPetya e admite atuar, se chegar à conclusão de que houve mão de algum governo por trás do código malicioso. O ciberataque pode configurar um atentado contra a soberania dos estados da NATO.

  • 333

O centro de ciberdefesa da NATO explica que o vírus NotPetya pode ser considerado uma ameaça à soberania e que a organização pode ativar algumas contramedidas, se se provar de que um governo está por trás do ataque. A defesa pode passar pela aplicação de sanções, mas neste momento não se equaciona nenhuma intervenção militar.

O secretário geral da NATO, Jens Stoltenberg, admite que os aliados possam ativar o compromisso de defesa mútua, como se faz contra atos de agressão física ou operações militares contra um país membro, noticia o El Mundo.

A organização pode estar também a equacionar a criação de um malware semelhante ao NotPetya como resposta a ser dada a quem quer que esteja por trás das ameaças. O NotPetya afetou empresas em mais de 60 países, com especial foco em computadores na Ucrânia.

Apesar de várias desconfianças de que o governo de Putin esteja por trás do Petya e do NotPetya ainda não existem quaisquer evidências conclusivas sobre quem será o culpado.

  • 333
  • O senhor software deu a última aula

    Mercados

    Entre 1972 e a atualidade vai mais que uma geração. Vai o tempo necessário para que os computadores deixassem de ficar anos seguidos na rua resguardados da chuva por oleados para passarem a distinguir-se pela qualidade do software. É isso que nos conta Raul Moreira Vidal

  • Exame Informática nº 265, julho

    Capa da Revista

    Perdeu o porta-chaves? Quer saber onde está o seu carro a todo o momento? Precisa de localizar familiares ou amigos? Os nossos tutoriais e testes ensinam-lhe como encontrar (quase) tudo. Também pusemos à prova os novos Surface (Pro e Laptop) e falámos com os portugueses que vão estagiar na NASA. Mas há muito mais para descobrir nesta edição.

  • O Model 3 foi revelado esta manhã. Confirmou-se o preço base de 35 mil dólares para a versão de entrada com autonomia de cerca de 350 km. Uma das opções é o Autopilot avançado, que permite fazer viagens sem intervenção do condutor... quando a legislação o permitir. Em Portugal, o Model 3 deverá ter um preço base de cerca de 40 mil euros