exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Ashley Madison pagou 11,2 milhões a vítimas de roubo de dados

O site de infidelidades Ashley Madison foi atacado em 2015 e os dados de muitos dos seus utilizadores foram expostos. Agora, sabe-se que a empresa pagou 11,2 milhões de dólares em indemnizações.

  • 333

Exame Informática

Vários especialistas em segurança revelaram que a estrutura informática do site Ashley Madison apresentava erros básicos, que terão facilitado o ataque por parte de hackers. Em 2015, milhões de registos foram parar às mãos de cibercriminosos e acabaram expostos online. Agora, sabe-se que a Ruby Corp, empresa canadiana que detem o Ashley Madison e o Established Men, pagou 11,2 milhões de dólares em acordos para as vítimas.

De acordo com o The Register, a empresa anunciou que pagou a verba a um fundo que irá distribuir dinheiro de acordo com as queixas válidas de perdas resultantes da exposição destes dados. Há um ponto importante em realçar as queixas válidas, porque a Ruby Corp denunciou que os hackers criaram também contas falsas no sistema, com nomes de pessoas que não fariam necessariamente parte da base de dados da Ashley Madison e que podem agora estar a tentar ganhar uma indemnização.

  • 333