exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Mercado de smartphones desce e Huawei encosta-se à Apple

O número de remessas mundiais de smartphones caiu ligeiramente no 2º trimestre, mas os principais fabricantes conseguiram crescer, com particular destaque para as marcas chinesas

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

O mercado mundial de smartphones registou uma descida de 1,3% no segundo trimestre deste ano quando comparado com o período homólogo de 2016. De acordo com os dados divulgados pela consultora IDC, as remessas foram de 341,6 milhões de terminais, o que também significa um decréscimo de 0,8% em relação ao primeiro trimestre de 2017.

Apesar desta ligeira contração da indústria, os números da IDC referem que todos os fabricantes do top 5 conseguiram registar subidas nas remessas. É que o mercado atravessa uma fase de consolidação e as perdas foram feitas às custas das marcas mais pequenas.

A expectativa dos analistas da IDC é que os próximos dois trimestres sejam positivos, já que haverão lançamentos importantes, como são os casos do Samsung Note 8, Apple iPhone 8 e Huawei Mate 10.

Analisando as quotas de mercado, a Samsung manteve a liderança, com os consumidores a darem boa resposta em relação aos topos de gama S8 e S8+ e às mais modestas linhas A e J. A Apple continua a ocupar a segunda posição e a IDC espera que, em setembro, a empresa apresente não só o iPhone 8 como o 7S e o 7S Plus. A Huawei aproximou-se ainda mais da Apple, fruto principalmente dos bons níveis de vendas registados na China e na Europa. A IDC estima que, se a Huawei conseguir replicar este sucesso no mercado americano, será capaz de ultrapassar tanto a Apple como a Samsung. A Oppo está no quarto lugar e continua a expansão internacional, apostando primordialmente na região do sudeste asiático. O top 5 fecha com a Xiaomi, que tirou o lugar à Vivo graças a uma estratégia agressiva no mercado indiano.

Quotas de mercado mundiais no 2º trimestre (dados da IDC)

1º) Samsung – 23,3%

2º) Apple – 12%

3º) Huawei – 11,3%

4º) Oppo – 8,1%

5º) Xiaomi – 6,2%

  • 333