exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Prisma quer disponibilizar tecnologia diferenciadora a outras empresas

A popular app de fotografia quer que as ferramentas de Inteligência Artificial a que recorre possam ser usadas por outras aplicações

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

A Prisma foi uma app de fotografia que ganhou notoriedade o ano passado graças aos seus originais filtros artísticos e, atualmente, conta com 5 a 10 milhões de utilizadores mensais ativos. Contudo, os responsáveis pela aplicação querem ir mais longe e disponibilizar a sua tecnologia de Inteligência Artificial a outras empresas, revela o The Verge.

Entre as ferramentas que a Prisma pode ceder a outras entidades estão, por exemplo, o reconhecimento de objetos, o mapeamento do rosto e a deteção da imagem de fundo. Ou seja, as capacidades de processamento que distinguiram a Prisma podem, em breve, estar disponíveis noutras apps de fotografia.

Esta abertura dos responsáveis da Prisma pode, contudo, conduzir a outro desfecho, já que, como refere o Engadget, um dos gigantes tecnológicos pode entender que é mais interessante comprar a Prisma na totalidade do que estar a pagar para usar apenas algumas ferramentas.

  • 333