exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Conselheiros de Cibersegurança de Trump desistem do cargo

Oito dos 28 conselheiros de cibersegurança do presidente dos EUA abandonaram as suas posições, acusando Trump de não prestar atenção suficiente a estes temas.

  • 333

Exame Informática

Oito membros do National Infrastructure Advisory Council, NIAC, dos EUA, anunciaram a intenção de abandonar o Conselho. Segundo uma das cartas a que o NextGov teve acesso, o presidente é acusado de prestar «atenção insuficiente às ameaças crescentes à cibersegurança de sistemas críticos, dos quais todos os americanos dependem, incluindo as que impactaram os sistemas que suportam o nosso processo eleitoral democrático».

O discurso de Trump após os incidentes de Charlottesville e a decisão de abandonar o Acordo de Paris também contribuiram para algumas destas saídas, segundo o Engadget. Estes conselheiros foram nomeados durante a adminstração Obama e anunciaram a decisão de sairem antes de uma reunião trimestral do grupo.

Recorde-se que a administração Trump já dissolveu alguns Conselhos importantes como o Manufacturing Council ou o Strategic and Policy Forum, mas não sem antes se saber que alguns dos membros de peso já tinham saído, como o fundador da Tesla Elon Musk ou o CEO da Intel Brian Krzanich. Para já, o NIAC deve manter-se em funções.