exameinformatica

Uma parceria EXPRESSO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Uber impedida de operar em Londres

Carl Court

A entidade que supervisiona os transportes públicos de Londres considera que a Uber não cumpre os requisitos necessários para garantir a segurança dos cidadãos

  • 333

Mais um revés para a mais valiosa das startups: a Transport of London (TfL), entidade que supervisiona os transportes públicos da capital do Reino Unido, decidiu não renovar a licença de operador de transportes privado da Uber.

De acordo com a BBC, a TfL considera que a Uber não terá tido um comportamento responsável, enquanto empresa. Essa conduta poderá mesmo pôr em risco a segurança dos consumidores, alertou a TfL. Face a este “diagnóstico”, a TfL concluiu que a Uber não cumpre os requisitos necessários para obter a renovação da licença.

O caso ainda não está fechado. A Uber tem 21 dias para recorrer desta decisão. A startup, que tem vindo a passar por uma fase tumultuosa que levou à substituição do CEO e à saída de parte da direção, considera que a retirada da licença «mostra ao mundo que Londres, longe de ser uma cidade aberta, está fechada a companhias inovadoras».

Sadiq Khan, presidente do Município de Londres, vê a questão de modo diferente: «Apoio totalmente a decisão da TfL – seria errado se a TfL continuasse a licenciar a Uber, no caso de haver algo que possa pôr em causa a segurança e a proteção dos londrinos».

  • 333