exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

China compromete-se com uma Internet global

O presidente chinês afirmou que o país não vai virar costas a uma Internet global, mas alertou que a ciber soberania é essencial para o desenvolvimento da Net.

  • 333

Exame Informática

Um responsável do partido comunista chinês leu uma declaração escrita pelo presidente Xi Jinping sobre a ciber política a adotar pela China nos próximos anos. «O desenvolvimento do ciberespaço na China está a entrar numa via rápida... as portas da China vão tornar-se mais e mais abertas», diz o presidente, citado pela Reuters.

Recorde-se que, em junho, a China aprovou uma lei de cibersegurança que obriga as empresas estrangeiras a operar no país a ter armazenamento de dados locais e a submeter-se a novas medidas de vigilância. As empresas queixam-se de que estas regras são injustas porque afetam apenas os negócios estrangeiros.

A China aproveitou a conferência na cidade de Wuzhen para se mostrar «pronta para desenvolver novas regras e sistemas de gestão da Internet para servir a todas as partes». Para o evento foram convidados Tim Cook, da Apple, Sundar Pichai, da Google e executivos do Facebook, bem como responsáveis do Alibaba, da Tencent e da Baidu.

  • 333