exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Tribunal britânico autoriza UEFA a bloquear streams de transmissões de futebol

A UEFA conseguiu autorização dos tribunais britânicos para pedir aos ISP que bloqueiem a transmissão ilegal de jogos de futebol logo na fonte, usando a mesma tecnologia que está em vigor para a Liga inglesa.

  • 333

Exame Informática

A UEFA vai começar a pedir aos fornecedores de Internet britânicos que barrem, em tempo real, a transmissão ilegal de jogos das suas competições. O organismo que tutela o futebol europeu conseguiu a autorização dos tribunais do Reino Unido para usar a mesma abordagem que é usada pela Premier League. O objetivo é cortar o mal pela raiz e impedir a transmissão do sinal diretamente na sua fonte, explica o Engadget. A UEFA vai poder fazer estes pedidos entre fevereiro e maio de 2018, altura em que decorre a fase final das suas principais competições, a Liga dos Campeões e a Liga Europa. Depois, se quiser continuar com a abordagem, o organismo tem de voltar a pedir autorização aos tribunais.

A tecnologia usada para encontrar e bloquear estes servidores não é conhecida do grande público: as autoridades e partes interessadas não querem dar aos piratas o conhecimento necessário para evitar estas medidas.

Recorde-se que as soluções como o Kodi têm vindo a sofrer uma grande pressão por parte dos detentores dos direitos de autor, ainda que as transmissões ilegais sejam oferecidas por terceiros, que criam os plugins.

A decisão do tribunal para a UEFA, conhecida agora, prevê ainda uma salvaguarda para os ISP, caso recebam demasiados endereços para bloqueio e que levem a suspensões erróneas de alguns servidores. Sabe-se que, nos últimos dois meses da temporada 2016/2017, a Premier League pediu a suspensão de cinco mil endereços IP.