exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Acabar o ano com impressão 3D a partir do smartphone e começar o ano a aprender a programar com robôs de brincar

Nesta edição da Exame Informática Semanal colocamos à prova a impressora Witbox Go! da BQ, três robôs educativos e o Mazda MX-5. Mas, como sempre, há muito mais para descobrir. Os jogos criados por investigadores de Coimbra que podem rastrear perdas cognitivas associadas à velhice são apenas um exemplo

  • 333
Paulo Matos

Paulo Matos

Jornalista

Bem-vindos a mais uma Exame Informática Semanal!

Imprimir coisas em 3D no conforto do lar é uma proposta tentadora para quase todas as pessoas. Contudo, as primeiras impressoras 3D do género que surgiram no mercado nacional requeriam montagem, calibração e afins. Ou seja, não eram para todos. Mas este tipo de produto tem vindo a evoluir rapidamente e a Witbox! Go da BQ é o melhor exemplo de uma impressora 3D compacta, com um design apelativo e muito fácil de utilizar. O Sérgio Magno, o nosso maker de serviço, explica como até pode imprimir diretamente a partir de um smartphone Android e quais as falhas que o equipamento ainda possui.

Esta é uma edição muito virada para jogos, mas isso não significa que falemos apenas de entretenimento. Sim, é verdade que o Pedro Oliveira, o nosso hardcore gamer de serviço, meteu o headset de Realidade Virtual da PlayStation 4 para entrar no mundo de The Elder Scrolls V: Skyrim e ainda apanhou uns sustos. Mas o Hugo Séneca, o nosso repórter intrépido de serviço, conta-nos como investigadores da Universidade de Coimbra desenvolveram três jogos que podem ser usados no rastreio de perdas cognitivas associadas à velhice. A mim, o vosso jogral de serviço, coube-me passar umas horas a… brincar. No nosso laboratório estiveram três robôs que permitem aos mais pequenos unir a brincadeira com a aprendizagem, seja tanto na inicial montagem do equipamento como na posterior programação.

A já habitual secção dedicada a automóveis concentra atenções no Mazda MX-5. A versão que testámos tem teto de abrir mecanizado e revelou-se um dos carros mais divertidos de conduzir do mercado. No nosso artigo multimédia quase que se consegue sentir o cheiro a borracha queimada dos pneus depois de umas curvas arrojadas…

Como sempre, tem muito mais para explorar nesta edição da Exame Informática Semanal: apps, tutoriais – como carregar vídeos para o Instagram através do PC, por exemplo –, artigos de opinião, reportagens e notícias – desde a app criada por Edward Snowden ao processo judicial movido contra a Apple por a empresa tornar os dispositivos mais lentos.

Em nome da Exame Informática, votos sinceros de um bom ano!