exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Cascais escolhida como exemplo de smart city no CES

Miguel pinto Luz, vice-presidente da Câmara de Cascais, à esquerda, no momento em que discursa numa das conferências do CES

Pela primeira vez na história do poder autárquico em Portugal, há um município português a participar no CES. O vice-presidente da Câmara de Cascais foi a Las Vegas mostrar com quantas tecnologias se faz uma smart city

  • 333

Cascais, vila histórica à beira-mar erigida; Consumer Electronic Show (CES), um dos maiores certames de tecnologias do mundo, em Las Vegas. O que é que os dois têm em comum? A resposta acaba de ser dada pelo Município de Cascais, com um orgulho típico destas ocasiões: «A estratégia do município de Cascais em compatibilizar desenvolvimento tecnológico com um elevado padrão de qualidade de vida garantiu-lhe a participação, a primeira de uma autarquia portuguesa, no CES».

Miguel Pinto Luz, vice-Presidente da Câmara Municipal de Cascais, foi o representante designado pelo município cascalense para dar a conhecer projetos e iniciativas que tornaram a vila portuguesa uma legítima detentora do título de smart city. A participação na conferência “Parcerias para construção de cidades inteligentes” resultou de um convite da Consumer Technology Association (CTA), «após vários especialistas e universidades terem referenciado o lugar de destaque que Cascais conseguiu obter no panorama das Smart Cities», refere o município em comunicado.

A Município de Cascais refere que a intervenção na conferência do CES serviu para dar a conhecer o centro de atendimento único, do login único para as várias plataformas digitais, dos títulos de tranporte MOBI Cascais, a app Fix Cascais para a solicitação de intervenções municipais, o orçamento participativo mais votado da UE.

  • 333