exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Reguladores europeus vão avaliar aquisição do Shazam por parte da Apple

Sete países europeus solicitaram às autoridades que analisassem o negócio de compra do Shazam por parte da Apple. A Comissão Europeia anunciou hoje que vai investigar.

  • 333

Exame Informática

O organismo europeu pretende analisar se a compra do Shazam por parte da Apple terá um efeito nefasto na competição no espaço económico do velho continente. Áustria, França, Islândia, Itália, Noruega, Espanha e Suécia fizeram chegar à CE os seus pedidos de análise individualmente. O objetivo é perceber até que ponto as parcerias do Shazam com empresas europeias como o Spotify podem ser afetadas pela compra.

O interesse da Apple foi pelo Shazam foi anunciado em dezembro e a marca da “maçã” reconhecia que se tratava de um «encaixe natural» entre o Apple Music e o Shazam, que partilham a «paixão pela descoberta muscial e proporcionam uma grande experiência musical aos utilizadores».

O Shazam é um serviço que permite identificar nomes e letras de músicas, clipes de vídeo, séries de TV e muito mais, estando presente em várias plataformas da Apple. Em setembro de 2016, o Shazam anunciou que as suas apps móveis já tinham sido descarregadas por mais de mil milhões de vezes.