exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Trump não pode bloquear utilizadores do Twitter

Chip Somodevilla

Uma juíza federal dos EUA sentenciou que Donald Trump não pode bloquear as vozes críticas que o seguem no Twitter, uma vez que o seu perfil representa um canal oficial e público de comunicação. Ou seja, o presidente está a infringir, segundo a decisão judicial, a Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos

  • 333

Exame Informática

Donald Trump costuma bloquear alguns dos críticos na sua conta de Twitter @realDonaldTrump. Agora, a juíza federal Naomi Reice Buchwald considera que estes bloqueios são ilegais e constituem uma violação da Primeira Emenda da Constituição dos EUA, noticia o Engadget. «Consideramos que partes da conta @realDonaldTrump (...) são corretamente analisadas segundo as doutrinas de “fórum público” estabelecidas pelo Supremo Tribunal (...) bloquear o acesso dos queixosos só por base no seu discurso político constitui uma discriminação que viola a Primeira Emenda», lê-se na sentença.

Este caso em concreto surgiu depois de sete indivíduos se terem juntado ao Knight First Amendment Institute na Universidade de Columbia e apresentaram queixa contra o facto de o presidente dos EUA ou alguém da sua equipa os ter bloqueado com base no seu discurso político.

Donald Trump, no entanto, defende os bloqueios dizendo que os está a fazer na sua conta pessoal e não a partir de um canal oficial de comunicação que deva cair sob a designação de “espaço público”.

  • 333