exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

PJ deteve seis pessoas em operação global contra fraude de cartões de crédito

Matt Cardy

A PJ participou numa operação global coordenada pelo Centro Europeu de Cibercrime que levou à detenção de 95 pessoas em 28 países

  • 333

Uma operação com a colaboração das autoridades de 28 países logrou deter 95 cibercriminosos que se dedicavam a fazer compras na Internet com dados de cartões de crédito alheios. A Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e a Criminalidade Tecnológica da PJ (UNC3T) participou na operação por 2018 e-Commerce e deteve seis suspeitos, tendo constituído sete arguidos. A operação liderada pelas autoridades austríacas e o Centro de Cibercrime Europeu decorreu entre 4 e 15 de junho e envolveu várias buscas e apreensões de produtos, dinheiro e telemóveis, além das já referidas detenções.

De acordo com um comunicado da Europol, os detidos foram responsáveis por operações fraudulentas com um valor de mais de oito milhões de euros.

A PJ revelou esta quarta feira mais alguns números sobre esta operação: segundo o Jornal de Notícias, a atuação da UNC3T redundou na apreensão de 205 mil euros, objetos no valor de 13 mil euros, e 700 cartões de crédito.

Mas este não é o único caso em que a PJ enalteceu de participação em operações globais de combate ao crime: entre 18 e 22 de junho, a operação Global Airport Action Days envolveu 61 países, 61 companhias aéreas e seis agências de viagens online. Os objetivos estavam devidamente definidos: desmantelar redes de cibercriminosos que recorrem a dados de cartões de crédito alheios para comprar bilhetes de avião. No final da operação, foram identificadas 334 transações suspeitas. As operações estenderam-se a 226 aeroportos e levaram à detenção de 141 pessoas. Não há registo de detenções em Portugal.

  • 333