exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Ex-funcionário da Apple acusado de roubar segredos relacionados com carros autónomos

Xiaolang Zhang foi contratado pela Apple para trabalhar no software e hardware do projeto de carro autónomo do fabricante. Agora, foi detido pelo FBI quando tentava viajar para a China e é acusado de ter roubado informações.

  • 333

Exame Informática

A acusação sobre Zhang é que o funcionário se preparava para ir trabalhar para uma startup chinesa dedicada a carros autónomos e que terá roubado segredos da Apple para os passar para o novo empregador. Zhang foi detido no aeroporto, depois de a equipa de segurança da Apple ter descoberto que este tinha feito consultas exaustivas a bases de dados secretas e descarregado a planta para uma placa de circuito para veículos autónomos.

Zhang foi contratado para preparar software e hardware para carros autónomos da Apple e desenhava e testava placas de circuitos para analisar os dados recolhidos pelos sensores. Em abril, este empregado gozou de uma licença de paternidade e viajou para a China com a família. No entanto, ao regressar, informou o supervisor de que pretendia abandonar a Apple para ir para a chinesa Xiaopeng Motors, que tem escritórios também em Sillicon Valley. Uma investigação feita pela equipa de segurança da Apple revela que Zhang acedeu a bases de dados secretas enquanto estava de licença de paternidade, noticia a Reuters.

Segundo a acusação, Zhang descarregou plantas de placas de circuitos, roubou um servidor do laboratório dos veículos autónomos e terá ainda visto “chips proprietários” mostrados pelos antigos colegas.

Zhang fazia parte de um grupo restrito de 2700 funcionários, de um total de 135 mil empregados da Apple, que tem acesso a estas bases de dados e este tipo de informação. Zhang alegou que descarregou os dados porque estava a ser considerado para uma promoção interna e essa informação seria útil no seu próximo cargo, ainda dentro da Apple