exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Uber regressou aos testes com carros autónomos

Jason Doiy

A plataforma das reservas de viagens de carro fez saber que o regresso aos testes que haviam sido suspensos há quatro meses vai começar com carros conduzidos em modo manual

  • 333

As ruas de Pittsburgh, nos EUA, vão voltar a acolher os testes de carros autónomos da Uber. A plataforma das reservas de viagens de carro fez saber que o regresso aos testes, após uma suspensão causada pelo atropelamento fatal há quatro meses, vai começar com carros conduzidos em modo manual.

Com os testes em modo manual, a Uber evita alguns percalços relacionados que poderão derivar de falhas similares que levaram ao atropelamento fatal de uma mulher há quatro meses em Tempe, no estado do Arizona, EUA, mas também poderá voltar a recolher mais dados para “ensinar” os sistemas internos dos veículos autónomos a lidar com pessoas que atravessa de súbito uma estrada. Só depois desta fase inicial, a startup deverá voltar a testar o modo autónomo.

Mas as novidades não se ficam pelo regresso aos testes em modo manual: a Uber informou igualmente que os testes vão passar a ser feitos com duas pessoas dentro de cada carro: uma para conduzir (ou atuar sempre que preciso, quando os testes passarem para o modo autónomo), e outra que terá como missão registar todas as ocorrências.

Aquando do atropelamento de Elaine Herzberg em março, o carro da Uber seguia apenas com um piloto de testes – e tinha ainda uma importante limitação: a ferramenta que permite evitar obstáculos, animais ou pessoas nas estradas estava desativada. O que exigia a intervenção do piloto nesses casos.

  • 333