exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

É este o plano de lançamentos da Intel para 2018 e 2019?

HK.XFastest

Um site chinês revelou aquilo que defende ser o roadmap de lançamentos de chips da Intel para este ano e para o próximo. Vêm aí mudanças nas famílias Core i9 e um reposicionamento dos Core i7, entre outras alterações.

  • 333

Exame Informática

O mapa que ilustra este artigo faz parte de um conjunto de slides que o HK.XFastest alega provir da própria Intel. Este site chinês mostra um roadmap onde podemos confirmar um novo chipset de topo de gama, o X390, um novo Core i9 e o reposicionamento dos Core i7.

Este plano parece confirmar que as atualizações nos produtos não vão ser feitas do topo ao fundo do catálogo, embora não fosse provável que a Intel fosse atualizar os Core i3 e os Core i5 tão cedo depois de os ter melhorado no ano passado. O roadmap não revela o que deve acontecer à linha de chips de desktop no próximo ano: recorde-se que a intenção original era lançar chips de 10nm para o segmento móvel e versão de 14nm ++ para os desktops. Agora, sabe-se que os chips produzidos segundo o fabrico de 10 nanómetros estão atrasados e não é claro como este atraso vai afetar o lançamento dos chips de 9ª geração. O lançamento durante a CES poderá ser uma boa opção, para poder obter uma posição segura no mercado.

Segundo o ExtremeTech, se os Kaby Lake fossem de 14nm + e os Coffee Lake de 14nm ++, os chips de nona geração seriam de 14 nm +++ e os chips a lançar em 2019 seriam de 14 nm ++++.

Se a Intel conseguir manter a cadência no processo de fabrico de dez nanómetros, poderemos assistir a chips de 10 nm + em 2020. Há também a possibilidade de que a Intel possa aproveitar o atraso para lançar chips 10 nm e 10 nm + em simultâneo, alterando a intenção original.

  • 333