exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Uber dá prioridade a bicicletas e motas, em vez de carros

As motas e as bicicletas são a aposta para longo prazo, confirmou o CEO da Uber. Hoje, a plataforma já presta serviços sobre duas rodas em oito cidades dos EUA

  • 333

A Uber poderá estar em vias de operar uma das maiores viragens estratégicas da sua história: a empresa da reserva de serviços de táxi anunciou que vai reforçar a aposta nas bicicletas e nas motas elétricas, em detrimento dos carros. A mudança de estratégia foi confirmada pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi.

«Durante a hora de ponta torna-se muito ineficaz um gigante de uma tonelada de metal levar uma pessoa numa viagem de 10 quarteirões», lembrou o líder da Uber, quando questionado pelo Financial Times.

Os líderes da Uber sabem que o transporte individual ainda é dominado pelos carros e que uma aposta nos veículos de duas rodas terá sempre consequências nas receitas da empresa, mas também acreditam que o transporte de duas rodas é uma aposta de longo prazo que poderá garantir uma posição privilegiada no transporte público individualizado.

A aposta nas duas rodas já começou a ganhar forma com a marca Jump, com que a Uber começou a operar no segmento das motas elétricas em oito cidades dos EUA. Esta oferta tem por base os investimentos que a Uber levou a cabo em várias empresas do segmento.

  • 333