exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Já há táxis sem condutores a viajar em Tóquio

Os ensaios deverão estender-se até ao início de setembro. Até à data não há registo de incidentes ou ocorrências mais negativas

  • 333

A ZMP e a Hinomaru Kotsu entraram esta semana para a história por terem testado o primeiro serviço comercial de táxis autónomos. Os ensaios foram levados a cabo em Tóquio, Japão. Durante ensaios levados a cabo com vista a uma estreia consolidada durante os jogos já foram transportadas mais de 1500 pessoas em percursos de 5,3 quilómetros entre os bairros de Otemachi e Roppongi, na capital nipónica.

Os ensaios deverão estender-se até ao início de setembro. Até à data não há registo de incidentes ou ocorrências mais negativas, informa o Guardian.

O serviço de táxis autónomos, que foi desenhado a pensar numa estreia comercial em definitivo durante os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, distingue-se por exigir o pagamento das viagens através de uma app de telemóvel. Nos primeiros ensaios, o lugar do condutor foi ocupado por um assistente, para acautelar potenciais incidentes ou bugs no sistema que garante a autonomia destes táxis. A ZMP, empresa que desenvolve sistemas para carros autónomos, e a Hinomaru Kotsu, central de táxis japonesa, não estão sozinhas neste segmento: A ZMP e a DeNa já levaram a cabo testes com carros da Toyota sem condutor em 2016 em Fujisawa; e a Nissan e a DeNa testaram carros robóticos em percursos de 4,5 quilómetros na cidade de Yokohama. Este último teste tem por objetivo o lançamento do serviço Easy Ride.

Recentemente, a Toyota anunciou um investimento de 500 milhões de euros para desenvolver mini-carrinhas autónomas para o transporte de passageiros.

  • 333