exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Russos desconfiam que buraco na Estação Espacial Internacional é sabotagem

Investigadores da agência espacial russa não descartam a possibilidade de o buraco encontrado na Estação Espacial Internacional ter sido de forma intencional, num ato de sabotagem.

  • 333

Exame Informática

A NASA revelou na semana passada a existência de um buraco que estava a originar perdas de pressão na Estação Espacial Internacional. Devido ao tamanho diminuto e por ter sido reparado rapidamente, os astronautas não estariam em perigo. O buraco mede dois milímetros e está localizado na secção superior da cápsula Soyuz, numa parte que não regressa à Terra e, como tal, não afetará as missões espaciais.

Agora, investigadores da Roscosmos, a agência espacial russa, afirmam que a hipótese de se ter tratado de um ato de sabotagem cometido ainda em Terra não está posta de parte. Dmitry Rogozin, da Roscosmos, afirma que «houve várias tentativas de perfuração». O especialista também não descarta a hipótese de o buraco poder ter sido feito por um astronauta, no espaço.

A primeira explicação que surgiu, na semana passada, era de que o buraco teria sido causado por um MMOD, de micro meteoroide, ou por alguma colisão orbital fortuita. Depois, os investigadores avançaram que podeia ser também um defeito de construção. Agora, a terceira alternativa, levantada por cientistas russos, é de que estejamos perante um ato de sabotagem, sem que sejam conhecidas as reais intenções do eventual sabotador.