exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Porsche afasta-se do diesel

A Porsche torna-se a primeira fabricante automóvel alemã a anunciar que vai deixar de produzir veículos com motorizações a gasóleo, na sequência do escândalo das emissões poluentes.

  • 333

Exame Informática

Na verdade, a Porsche não lança um modelo a diesel desde fevereiro de 2018, pelo que este anúncio não surpreende. O CEO Oliver Blumme explica que a marca não quer «demonizar o diesel», mas recorde-se que estes veículos representam apenas 12% das vendas totais da Porsche. Mais de 60% dos Panamera vendidos na Europa são híbridos. A decisão de deixar de produzir este tipo de carros surge na sequência do escândalo da fraude nas emissões, onde a Porsche terá usado o software manipulador em mais de 13500 carros Cayenne.

Numa altura em que há cada vez mais escolha nos híbridos e quando se prepara o lançamento do Taycan, completamente elétrico, os condutores têm bastante escolha se pretenderem um Porsche com custos de manutenção mais baixos que o normal, relembra o Engadget.

Estima-se que até 2025, pelos menos metade dos carros tenha alguma espécie de motor elétrico no seu interior. Agora, espera-se que seja uma questão de tempo até à VW e outras fabricantes imitem o exemplo dado pela Porsche.