exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

MAE, a solução da Huawei para a condução autónoma

A Huawei apresentou uma proposta para acelerar a adoção de sistemas de condução autónoma através de redes celulares chamada MAE, de Mobile Automation Engine.

  • 333

Exame Informática

A MAE deve ser usada pela indústria automóvel e pela indústria das telecomunicações para o desenvolvimento de uma solução de condução autónoma. A Huawei criou esta solução e estima que a adoção de AI neste setor deve crescer com o florescimento das redes 4G e 5G, com os carros completamente autónomos a chegarem algures na década de 2030.

O modelo teórico da MAE estima a utilização de redes celulares e AI para gerir cenários através de uma colaboração mais eficiente. A MAE irá coordenar os veículos através das redes e o utilizador só terá de definir para onde quer ir e que tipo de rota prefere, explica o VentureBeat. Segundo a Huawei, operadoras, associações, analistas e grupos de standards como GSMA ou GTI estão entre os interessados em participar no modelo.

A fabricante organizou uma demonstração em parceria com a Jaguar Land Rover e com a Vodafone para mostrar a capacidade de comunicações Cellular Vehicle-to-Everything (C-V2X) segundo o padrão internacional 3GPPP Release 14 e com suporte a comunicações móveis car-to-car PC5 e Vodafone Uu.

Durante a apresentação, a Huawei conseguiu fazer com que os carros comunicassem alterações de faixa, alertassem em caso de travagens súbitas, circulassem a um limite de velocidade predefinido e emitissem avisos em caso chegada a cruzamentos.

A questão que ainda terá de ser respondida é se as comunicações C-V2X vão ser lançadas com o amadurecimento das redes 4G ou se se irá esperar pelo crescimento e expansão do 5G.