exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Parlamento britânico apreende documentos internos do Facebook

David Paul Morris - Wired

O Parlamento britânico considera que o Facebook tem tentado evitar a resposta a questões pertinentes e avançou para a apreensão de documentos da empresa.

  • 333

Exame Informática

Os ficheiros apreendidos pelo organismo político britânico contêm revelações importantes sobre as decisões do Facebook no tratamento de dados e controlo de privacidade no caso Cambridge Analytica e ainda correspondência entre os executivos de topo da empresa, avança o The Guardian.

Os documentos foram confiscados ao fundador da Six4Three, uma empresa de software dos EUA, mediante apresentação de um aviso emitido pelo Parlamento. Esta empresa, agora defunta, alega num processo judicial que o Facebook criou os “buracos” na política de privacidade que permitiram que o escândalo Cambridge Analytica sucedesse. Por outro lado, o Facebook defende-se dizendo que os documentos confiscados estão selados e deixa para as mãos de um tribunal da Califórnia a decisão sobre a ação do Parlamento britânico.

Há cada vez mais países a pedirem a Zuckerberg para estar presente numa audiência internacional em Londres onde serão investigadas a desinformação e a influência nas eleições. O fundador do Facebook tem recusado testemunhar perante o Paralmento.

  • 333