exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Microsoft não vê Cortana como rival do Alexa ou do Google Assistant

O CEO da Microsoft revelou que a estratégia com o Cortana é torná-lo numa app omnipresente e não num rival dos assistentes pessoais da Amazon ou da Google.

  • 333

Exame Informática

O Cortana tem vindo a perder terreno para o Assistant e para o Alexa, mas Satya Nadella não está preocupado. O CEO da Microsoft revelou que o «Cortana tem de ser uma skill para todos os subscritores do Microsoft 365 (...) Devem ser capazes de o usar no Google Assistant, devem ser capazes de o usar no Alexa, tal como vemos as nossas apps de Andorid e iOS e é assim que queremos prosseguir», cita o The Verge.

A empresa de Redmond e a Amazon já assinaram uma parceria para permitir a integração do Cortana no Alexa. Agora, o próximo passo deve ser convencer a Google de que a integração do Cortana é uma boa ideia. Nadella comparou o segmento dos assistentes pessoais com o dos navegadores web, que devem interoperar e ter acesso a informações semelhantes.

A estratégia não passa por desenvolver soluções de software e hardware do Cortana. A equipa que está a desenvolver este assistente saiu recentemente da divisão de IA da Microsoft para entrar para a equipa de Experiences and Devices, na mesma altura em que o responsável pelo Cortana saiu da empresa. Estas mudanças marcaram um ano que se revelou difícil para o Cortana.