exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Elon Musk quer ajudar a construir o próximo acelerador de partículas do CERN

O CERN, organização europeia para a investigação nuclear, quer avançar para a construção de um Future Circular Collider, ou um acelerador de partículas circular gigante, com mais capacidade que o atual LHC. Elon Musk terá sido sondado para construir o túnel.

  • 333

Exame Informática

Elon Musk publicou no Twitter uma mensagem onde revela ter sido abordado pelo diretor do CERN sobre uma eventual participação da Boring Company na construção do túnel circular onde irá ser instalado o Future Circular Collider. A escolha pela empresa dedicada a cavar túneis de Musk permitiria uma poupança de milhares de milhões de euros, segundo o próprio Elon.

A organização pretende construir um acelerador de partículas circular com mais de cem quilómetros, numa zona da Suíça. O objetivo é que este acelerador de partículas mais potente ajude a responder a perguntas sobre o universo que não podem ser respondidas pelo atual Large Hadron Collider, ou LHC, sobre as interações matéria-anti-matéria ou sobre a matéria negra, por exemplo. O projeto tem um custo estimado de 24 mil milhões de euros, dos quais cinco mil milhões são dedicados à escavação e construção do túnel, lembra o Digital Trends.

Os investigadores apontam que o túnel deva estar preparado em 2040, altura em que Musk terá 68 anos. A Boring Company já mostrou um dos seus túneis, construído em Hawthorne, na Califórnia, durante uma apresentação onde jornalistas viajaram num Tesla Model X SUV modificado a 75 km/h.