exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Facebook bane grupos acusados de espalhar violência na Birmânia

Dan Kitwood, Getty Images

À luz da política de utilização do Facebook, quatro grupos foram considerados perigosos e acabaram de ser banidos da plataforma. Os posts de apoio e reconhecimento a estes grupos também vão ser removidos.

  • 333

Exame Informática

As páginas do Arakan Army, do Myanmar National Democratic Alliance Army, do Kachin Independence Army e do Ta’ang National Liberation Army foram identificados como perigosas à luz da política de utilização do Facebook. Os responsáveis da rede social encerraram estas páginas, alegando haver «provas claras» de que os grupos estavam armados e envolvidos em danos e violência offline no país.

A eliminação das páginas pretende ser uma medida para evitar que a violência se espalhe, explica o Engadget.

O Facebook tem estado a tentar contribuir para erradicar a violência na Birmânia depois de ter sido descoberto que a plataforma tem vindo a ser usada para promover a limpeza étnica conra os Rohingya. A empresa removeu algumas das ferramentas no país e está a investigar internamente como está a ser usada para espalhar violência e como pode atuar para o impedir.

  • 333