exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Elon Musk promete Tesla completamente autónomo para 2020

O CEO da Tesla fez mais uma promessa arrojada: em 2020, a empresa vai lançar para o mercado um carro completamente autónomo, que consegue transportar passageiros desde o parque de estacionamento ao destino sem qualquer intervenção humana.

  • 333

Exame Informática

A funcionalidade de condução completamente autónoma da Tesla deve estar preparada este ano e, no final de 2020, a empresa irá lançar para o mercado um carro capaz de levar passageiros sem qualquer intervenção, prometeu Elon Musk. «O carro vai ser capaz de encontrar a pessoa no parque de estacionamento, ir ter com ela e leva-la até ao seu destino sem qualquer intervenção», detalhou o fundador da Tesla durante um podcast.

Hoje já é possível comprar, por mais cinco mil dólares, a funcionalidade Enhanced Autopilot, que inclui sugestão e alteração de faixas de rodagem e que orienta o carro em autoestradas. A funcionalidade não permite ainda a navegação em cidades ou em parques de estacionamento e é esta evolução que Musk pretende ver adicionada já no próximo ano.

Entre outubro de 2016 e outubro de 2018, a empresa foi prometendo e adiando novas funcionalidades de condução autónoma que ficariam disponíveis através de atualizações de software. Segundo a empresa, todo o hardware necessário já está nos veículos produzidos desde 2016, sendo apenas preciso o desbloqueio através de uma nova versão de software.

Agora, Elon Musk garante que, no final de 2020, o condutor vai poder até adormecer ao volante, enquanto é transportado de um ponto para outro, noticia a Wired. Até lá, os condutores terão de continuar a monitorizar a tecnologia e estar a postos para tomar o controlo do veículo, caso algo não corra bem.

A equipa que preparou a funcionalidade do Autopilot está agora concentrada em desenvolver a tecnologia para lidar com cruzamentos. O desafio não é tanto reconhecer os sinais de STOP e os semáforos, mas sim lidar com alguma ambiguidade possível em vias mais complexas.

O CEO da Tesla também anunciou, via Twitter, que a marca vai atingir uma produção anual de cerca de 500 mil carros por ano já em 2019, relembrando que em 2011 não produzia qualquer carro. Para demonstrar a capacidade de produção atual, Musk também partilhou uma foto área onde se vê, segundo números do CEO, 4000 Tesla Model 3 num porto em São Francisco para serem embarcados para a Europa. Recorde-se que os Tesla deverão começar a ser entregues a clientes portugueses entre o final deste mês de fevereiro e meados de março alguns carros já chegaram ao território nacional e serão entregues logo que as burocracias habituais sejam resolvidas.

  • 333