exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Huawei confirma que tem sistema operativo próprio, caso não possa usar Android

Steve Parsons - Getty Images

A Huawei confirmou publicamente pela primeira vez que está a desenvolver um sistema operativo desde 2012. Esta será a solução, caso se veja impedida de usar o Android, em consequência da guerra económica EUA-China.

  • 333

Exame Informática

Se as tensões entre EUA e China escalarem e os americanos proibam a empresa chinesa de usar, por exemplo, o Android, a Huawei não ficará completamente “descalça”. A empresa chinesa confirmou publicamente que está a desenvolver um sistema operativo proprietário para tablets, telefones e computadores desde 2012. A ideia surgiu há sete anos quando a ZTE foi proibida de usar tecnologias e serviços americanos. Esta proibição serviu de alerta à Huawei que se começou a preparar para «o pior cenário», explica o Engadget.

Recorde-se que a Huawei está a ser acusada pelos EUA de ser um veículo para espionagem chinesa e que o governo de Trump já ameaçou a Alemanha e outros parceiros de retaliação, caso prossigam com a utilização de produtos e serviços da empresa. Também há pouco tempo, a responsável financeira da Huawei foi detida no Canadá e a empresa é acusada de ter quebrado as sanções económicas impostas ao Irão.

Para já, a Huawei mantem-se fiel ao Windows e Android: «Suportamos completamente os sistemas operativos dos nossos parceiros: gostamos muito deles e os nossos clientes também», assegurou um porta-voz da empresa.

  • 333