exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

ONU: receios dos EUA sobre Huawei têm motivações políticas

JOHN MACDOUGALL - Getty Images

O secretário geral da ONU para a Internet e Telecomunicações considera que não há provas de que os equipamentos da Huawei estejam a ser usados para espionagem e que o receio dos EUA tem uma componente política.

  • 333

Exame Informática

«Defendo que a Huawei deve ter oportunidades iguais de licitar por negócios e durante o processo operacional. Se for encontrado algo de errado, então devem ser acusados e processados», explicou Houlin Zhao, responsável pelo International Telecommunications Union. O político considera ainda que «não há provas até agora» de que a Huawei esteja a ser usada para espionagem ou que tenha qualquer conivência com o governo chinês para espiar utilizadores de todo o mundo.

Recorde-se que os EUA têm estado bastante ativos a pedir aos seus aliados que deixem de usar equipamentos Huawei, nomeadamente na construção de infraestruturas 5G. Numa dessas manobras de pressão, os EUA chegaram a ameaçar a Alemanha de que parariam com a partilha de informações sensíveis, caso a Alemanha continuasse a trabalhar com a Huawei. A Austrália já proibiu os operadores de usarem equipamentos da marca chinesa, sob receio de ameaças à segurança e o Reino Unido também já manifestou algum receio nesse sentido.

A Huawei reagiu a estes receios, rejeitando todas as acusações.

  • 333