exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Trotinetas da Lime foram pirateadas para transmitir mensagens obscenas

O caso ocorreu na Austrália, local onde algumas trotinetas da Lime já tinham tido um problema de software que as fazia travar bruscamente e projectava bruscamente passageiros para a frente

  • 333

Francisco Garcia

Esta semana, oito trotinetas elétricas da Lime foram retiradas das ruas em Brisbane, na Austrália, por terem sido pirateadas para transmitir mensagens com conteúdos sexuais. A companhia lamenta o acontecimento, tendo-o considerado «lamentável».

Em janeiro, nesta cidade australiana as trotinetas da Lime tinham já dado problemas, quando algumas pararam em andamento devido a um problema de software e lançaram utilizadores bruscamente para o chão. O problema foi resolvido com uma atualização de software das trotinetas.

Segundo a Gizmodo, embora este ato de pirataria se tenha cingido à indução de ficheiros áudio nas trotinetas, alguns investigadores da Zimperium, uma firma de segurança digital americana, afirmam que os hacks podem tornar-se potencialmente mais perigosos, como, por exemplo, trotinetas que aceleram desmedidamente sem reagir ao comando de travagem.

  • 333