exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Huawei vende 59 milhões de smartphones no primeiro trimestre de 2019

Só no primeiro trimestre deste ano a Huawei vendeu 59 milhões de smartphones

Yui Mok - Getty Images

Desde janeiro a marca chinesa lançou uma série de novos produtos de média e topo de gama que vieram consolidar o ritmo de crescimento que a marca registou em 2018, ano em que vendeu 200 milhões de smartphones em todo o mundo

  • 333

Francisco Garcia

A Huawei registou 59 milhões de smartphones vendidos no primeiro trimestre deste ano, revelando ter gerado receitas na ordem dos 179,7 mil milhões de yuans chineses (aproximadamente 24 mil milhões de euros). Relativamente ao ano passado, a marca sentiu um crescimento de 39%, tendo uma margem de lucro líquido na casa dos 8%, ligeiramente superior ao trimestre homólogo de 2018 – este crescimento foi sentido também a nível das vendas de outros produtos da marca, nomeadamente, portáteis, wearables e smart home.

Este ano a Huawei começou em grande, sendo que no passado mês de janeiro, a marca chinesa lançou uma série de novos produtos: os modelos P smart e o P smart +, alguns aparelhos de gama média e, mais recentemente, a série P30, que veio suceder à série P20 e que se revelou um sucesso de mercado. Durante a Mobile World Congress 2019, a marca deixou promeças de lançar ainda este ano o primeiro telefone dobrável 5G, o Huawei Mate X.

Só em 2018, a Huawei colocou no mercado 200 milhões de telemóveis de média e topo de gama, por exemplo, da série P20 foram vendidos 16 milhões de unidade, da série Mate 20 foram contabilizadas cerca de 10 milhões de unidades vendidas, enquanto que nas vendas da nova gama média foram registados 65 milhões de smartphones vendidos.

O crescimento da marca levou a que, por exemplo, em Portugal a Huawei fosse designada pela segunda vez consecutiva como Escolha do Consumidor de 2019, pelo Centro de Avaliação da Satisfação do Consumidor, na categoria de smartphones.

  • 333