exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Portugueses com utilização cada vez mais avançada da Internet

O MUDA, Movimento pela Utilização Digital Ativa, divulgou as conclusões de um estudo da Comissão Europeia que revela que quase oito milhões de portugueses usam a Internet e, desses, metade usa serviços públicos digitais, banca online e faz compras pela Net.

  • 333

Exame Informática

O estudo “Digital Economy and Society Index” da Comissão Europeia revela que os portugueses fazem uma utilização cada vez mais avançada da Internet. O MUDA, Movimento pela Utilização Digital Ativa, celebra agora dois anos de existência e realça a realização de várias iniciativas destinadas a comunicar aos cidadãos as vantagens de como usar a Net e de incentivo à sua utilização. O estudo revela que mais de quatro milhões de portugueses usam a Internet para fazer compras online, aceder ao seu banco e a serviços digitais.

A organização esteve presente em mais de 30 emissões televisivas em direto nos três principais canais nacionais para divulgar a mensagem, numa linguagem acessível. Na RPT1 e RTP3, bem como no RTP Play, foram emitidos mais de 160 programas “MUDA num minuto”, onde há sugestões de como a vida quotidiana pode ser mudada com o uso da Internet.

Outra iniciativa do MUDA passou por um roadshow onde foram visitadas 30 cidades de Braga a Faro, com intenção de continuar, e onde se pode assistir a aulas sobre as vantagens da Internet, receber suporte personalizado e experimentar novas tecnologias como a Realidade Virtual e a Realidade Aumentada.

Há ainda mais de mil jovens voluntários a nível nacional que são desafiados a ajudar o seu círculo familiar a ser mais ativo digitalmente, explica o comunicado do MUDA. Para esta última iniciativa, há aulas de formação para os jovens em escolas secundárias, sendo esperadas mais escolas para integrar a lista de participantes.

A organização destaca ainda o contributo dado com o Plano de Ação “Digital by Default”, onde foram elencadas recomendações de alteração de legislação para retirar os obstáculos normativos que impedem um maior nível de desmaterialização da relação entre empresas e consumidores e entre empreas e o Estado.

  • 333