exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Google na mira das autoridades irlandesas devido a falha de RGPD

Google recebe multa de 1.5 mil milhões de euros da União Europeia

SOPA Images - Getty Images

Naquela que será a primeira situação da Google em termos de cumprimento do Regulamento Geral de Proteção de Dados, a gigante tecnológica está a ser investigada pelas autoridades irlandesas.

  • 333

Exame Informática

O DCP, Data Protection Commissioner, está a investigar a Google por potenciais violações do RGPD. O órgão regulador irlandês avançou com um processo em parte após uma denúncia da empresa Brave que alega que o sistema de leilões de anúncios da Google pode significar que a gigante está a atropelar direitos de proteção de dados e privacidade dos utilizadores.

Johnny Ryan, chief policy officer da Brave, explica que «de cada vez que uma pessoa visita um site e vê um “anúncio comportamental” significa que os seus dados pessoais íntimos que descrevem cada visitante e o que estão a ver online são transmitidos a dezenas ou centenas de empresas». É esta publicitação dos dados, que será feita, alegadamente, sem o consentimento dos utilizadores, que constitui uma violação dos direitos individuais, noticia o The Verge.

Um porta-voz da Google confirmou que a empresa está a colaborar com as autoridades no processo de investigação e explica que «os compradores autorizados a usar os nossos sistemas têm de cumprir políticas e standards rigorosos».

Esta será a primeira situação com que a Google é confrontada sobre o RGPD, o regulamento europeu de proteção de dados que entreou em vigor em maio do ano passado. As empresas que não cumpram o RGPD podem ser condenadas a pagar multas de até 4% do total da sua faturação anual. No caso da Google, o montante pode ascender a 5,4 mil milhões de euros.

  • 333