exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Radiohead lançam 18 horas de gravações para “anular” ficarem reféns de hacker

Getty Images / Tim Mosenfelder

A banda anunciou que vai lançar oficialmente as 18 horas de sessões de estúdio que deram origem a OK Computer por cerca de €20. O objetivo é anular o leak da semana passada e evitar ter de pagar o resgate a um hacker.

  • 333

Exame Informática

Johny Greenwood, músico dos Radiohead, escreveu no Twitter que a banda foi «alvo de um ataque informático na semana passada – alguém roubou o arquivo minidisc do Thom da altura em que estavamos a trabalhar em OK Computer e alegadamente exigiu 150 mil dólares para não o publicar». A verdade é que as 18 horas de gravação acabaram mesmo por ir parar à Net e estão disponíveis para download. Agora, na mensagem do Twitter, Greenwood confirma que «em vez de nos queixar – muito – ou ignorar o assunto, vamos lançar as 18 horas de trabalho no Bandcamp e os lucros vão ser canalizados para os Extinction Rebellion, um grupo de protestos ambientais».

O The Verge explica que as gravações vão estar disponíveis desta forma legal apenas durante 18 dias. Ainda não foram revelados os detalhes do que aconteceu realmente: se o PC de Thom Yorke foi alvo de um hacker ou de os minidiscs foram fisicamente roubados. Por outro lado, causa também estranheza Greenwood ter escrito que os hackers terão «alegadamente» pedido os 150 mil dólares, como se a banda não tivesse a certeza do valor a pagar.

A verdade é que desde a semana passada, é relativamente fácil encontrar o link para descarregar este material em fóruns do Reddit, pelo que o esforço de pedir um resgate para não divulgar os conteúdos cai por terra.

  • 333