exameinformatica

Uma parceria VISÃO

Siga-nos nas redes

Perfil

Mercados

Microsoft retoma venda de portáteis da Huawei

A empresa de Redmond tinha parado de disponibilizar os equpamentos da marca chinesa. Mas agora, a loja online da Microsoft já tem novamente portáteis da Huawei disponíveis.

  • 333

Exame Informática

A Microsoft fiz que avaliou o que a inscrição da Huawei na lista negra de entidades significava e confirma que vai retomar as vendas de portáteis da marca. Nesta fase, a empresa de Redmond vai manter as vendas apenas dos equipamentos que já tinha disponíveis no catálogo, não incluindo eventuais novos modelos. «Vamos responder às muitas complexidades de negócio, técnicas e regulamentares que advêm da colocação da Huawei na lista de entidades do Department of Commerce», disse a Microsoft em comunicado. O suporte técnico a aparelhos existentes está fora da alçada da proibição.

Todos os portáteis que existiam antes de Trump vetar os negócios com a Huawei estão disponíveis no catálogo da Microsoft Store. Não é possível, no entanto, encontrar a Huawei como fabricante nos critérios de restrição de pesquisas, ao contrário do que acontece com outras marcas como Dell, Asus ou HP, entre outros.

O CEO Ren Zhengfei veio a público ontem dizer que o impacto da decisão de suspensão dos EUA poderia ascender aos 30 mil milhões de dólares na receita deste ano. A expetativa de receita para 2019 andava pelos 125 a 130 mil milhões, mais 20 a 30% do que os 104 mil milhões registados em 2018. Agora, foi revista em baixa para os 100 mil milhões de dólares.

  • 333